top of page

Saiba como separar o lixo em casa


Imagem fonte: Freepik


Iniciarmos com pequenas atitudes cotidianas como por exemplo, separar o lixo é o ponto fundamental para a preservação ambiental, a prática da reciclagem aparece como uma das mais significativas. A separação do lixo em nossas casas traz vantagens cada vez mais visíveis, como aliviar os lixões e aterros sanitários, além de gerar renda para os catadores de lixo. Além disso, a maior parte dos resíduos sólidos que é produzido em casa pode ser reaproveitada.  

De acordo, com a ISWA (Associação Internacional de Resíduos Sólidos) atualmente a produção dos resíduos sólidos urbanos aumentará em todo o mundo, passando de 2 bilhões de toneladas/ano em 2016 para 3,4 bilhões de toneladas em 20501, sendo que a maior parte desse aumento será observada em países de baixa renda, onde a geração deve triplicar. Diante disso, é importante saber como devemos descartar esses resíduos corretamente para diminuir a poluição no ambiente.


O que é lixo reciclável?

É todos os resíduos descartados que possuem potencial para transformação, total ou parcial, são recicláveis. Os produtos podem ser reintegrados ao processo de produção para serem utilizados na fabricação do mesmo produto original ou diferentes.

Esses materiais incluem folhas e aparas de papel, jornais, revistas, caixas, papelão, PET, recipientes de limpeza, latas de cerveja e refrigerante, canos, esquadrias, arame, produtos eletroeletrônicos juntamente com seus componentes, embalagens diversas e uma variedade de outros itens. A reciclagem desses materiais contribui para a redução do desperdício e para a preservação dos recursos naturais, além de promover a sustentabilidade ambiental e econômica.


Como devemos separar o lixo em casa?

  • Não misture os resíduos recicláveis com o orgânico (sobras de alimentos, cascas de frutas e legumes);

  • Coloque em sacos separados, plásticos, metais e vidros;

  • Lave e seque as embalagens de latas, garrafas e frascos de vidro e plástico antes de colocar nos coletores;

  • Os papéis devem estar secos e dobrados;

  • Embrulhe vidros quebrados e outros materiais cortantes em papel grosso (do tipo jornal) ou colocados em uma caixa evitando assim acidentes;


O que não vai para o lixo reciclável? 

Alguns objetos não tem como reciclar, entre eles estão: Papel-carbono, etiqueta adesiva, fita crepe, guardanapos, fotografias, filtro de cigarros, papéis sujos, papéis sanitários, copos de papel. Cabos de panela e tomadas. Clipes, grampos, esponjas de aço, canos. Espelhos, cristais, cerâmicas, porcelana. Além disso, pilhas e baterias de celular podem ser devolvidas aos fabricantes ou descartadas em coletores específico.

               Desse modo, como uma construtora comprometida pela melhoria do meio ambiente, o grupo Solum compreende que a prática da separação dos lixos corretamente é importante pois, contribuiu para reduzir a contaminação no ecossistema.

66 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page